26
nov
qua

Dizem que o caminho para o coração do homem é o estômago. Mas um episódio em uma corrida de aventura de 700 km no Equador mostrou que o mesmo ditado também vale para os cachorros.

Foi no Campeonato Mundial de Corrida de Aventura. No meio da Floresta Amazônica, quatro atletas suecos sentaram para comer algumas almôndega quando faltavam dois trechos para o fim da prova.

Um cão se aproximou deles e apenas observou a refeição com cara de fome. A equipe dividiu, então, o “prato” com ele.

Foi o suficiente para que o cachorro seguisse os atletas por dezenas de quilômetros, passando por rios, enfrentando correntezas, subindo montanhas e encarando todos os desafios da corrida.

Ao final da prova, junto com os suecos, chegou também o “fiel companheiro” deles, que foi batizado como Arthur e acabou sendo adotado pelos atletas.

Eles levaram o cão ao veterinário para tratar as feridas adquiridas depois de toda a aventura.

Depois, levaram Arthur no voo de volta para a Suéci, onde foi adotado por um dos membros da equipe.

“Vim para o Equador para ganhar o Mundial e acabei ganhando um amigo”, disse Mikael Lindnord, capitão do grupo.

7qqjzo0o8xhvqq4f2aalfniis

Deixe um comentário