15
out
qua
Sabe aquela voz de criança que muitas mulheres fazem ao falar com os cachorros? Existe uma explicação para isso!
Na verdade, um estudo apenas comprovou o que nós já sabíamos: as mulheres vêem os cães como seus próprios filhos. Os pesquisadores analisaram mulheres que têm filhos e cachorros. Ao mostrar fotos das crianças e dos cães separadamente, eles descobriram que o cérebro das mulheres respondiam da mesma maneira para ambas as fotos. Lori Palley do Massachusetts General Hospital, que liderou o estudo, disse: “Os bichos de estimação têm um lugar especial no coração e na vida de muitas pessoas, e existe uma evidência convincente de estudos clínicos e laboratoriais de que interagir com bichos pode trazer benefícios físicos, sociais e emocionais aos humanos.”
Para realizar o estudo, foram selecionadas mulheres que tinham pelo menos um filho com idade entre 2 a 10 anos e um cachorro que estava há mais de dois anos com a família.
A participação foi feita em duas sessões. Na primeira, era feita uma visita à casa da família e a participante respondia a diversas perguntas, inclusive sobre sua relação com o animal de estimação e o filho. Além disso, as mulheres eram fotografadas com o filho e o cão.
A segunda etapa era analisar a reação delas ao ver essas fotos. Isso foi feito através de imagens de ressonância magnética funcional, que indica o nível de ativação de estruturas específicas do cérebro, ao detectar mudanças no fluxo sanguíneo e no nível de oxigênio.
E aí, você concorda com o resultado desse estudo? Seu cachorro é como se fosse seu filho?

Sabe aquela voz de criança que muitas mulheres fazem ao falar com os cachorros? Existe uma explicação para isso!

Na verdade, um estudo apenas comprovou o que nós já sabíamos: as mulheres vêem os cães como seus próprios filhos. Os pesquisadores analisaram mulheres que têm filhos e cachorros. Ao mostrar fotos das crianças e dos cães separadamente, eles descobriram que o cérebro das mulheres respondiam da mesma maneira para ambas as fotos. Lori Palley do Massachusetts General Hospital, que liderou o estudo, disse: “Os bichos de estimação têm um lugar especial no coração e na vida de muitas pessoas, e existe uma evidência convincente de estudos clínicos e laboratoriais de que interagir com bichos pode trazer benefícios físicos, sociais e emocionais aos humanos.”

Para realizar o estudo, foram selecionadas mulheres que tinham pelo menos um filho com idade entre 2 a 10 anos e um cachorro que estava há mais de dois anos com a família.

A participação foi feita em duas sessões. Na primeira, era feita uma visita à casa da família e a participante respondia a diversas perguntas, inclusive sobre sua relação com o animal de estimação e o filho. Além disso, as mulheres eram fotografadas com o filho e o cão.

A segunda etapa era analisar a reação delas ao ver essas fotos. Isso foi feito através de imagens de ressonância magnética funcional, que indica o nível de ativação de estruturas específicas do cérebro, ao detectar mudanças no fluxo sanguíneo e no nível de oxigênio.

E aí, você concorda com o resultado desse estudo? Seu cachorro é como se fosse seu filho?

cachorro-bebe-ensaio-fotografico-snuggles-03cachorro-bebe-ensaio-fotografico-snuggles-05

Deixe um comentário