27
jun
qua

A história do Dobermann

Por Petjama Recco

Hoje vamos conhecer melhor essa raça que é famosa pelo mundo. O dobermann é um cão de origem alemã, e curiosamente foi desenvolvida por um cobrador de impostos chamado Her Louis Doberman. O homem queria um cão que lhe acompanhasse nas viagens perigosas que fazia, e por isso passou a analisar algumas raças que apresentavam as características que ele almejava em seu cão. Cruzou pastores alemães,  manchester terriers, rottweilers, pinscher alemães e greyhounds ingleses para obter uma raça que lhe conferisse segurança, lealdade e obediência, entre outras características.

Os primeiros dobermans eram muito agressivos, e depois da morte de seu criador, a raça foi aprimorada por Otto Goeller e o transformou no que ele é hoje: um cão de serviço, muito leal, corajoso, inteligente e combativo. Nem por isso ele deixa de ser ótimo cão de companhia, desde que seja integrado ao lar e ao convívio com a família.

Como todo cão, o dobermann requer cuidados especiais. Seu tamanho e sua vivacidade exigem que ele tenha muito espaço e que não fique preso. É um ser temperamental, por isso, dizem que não é um cão para qualquer pessoa. Para se ter um dobermann, é preciso ser firme, ter voz de comando, ser justo e calmo. Alguém em quem ele possa confiar e ser leal para o resto da vida.

1336071842_368961936_2-FILHOTES-RAcA-DOBERMANN-LINHAGEM-DE-CAMPEoES-Sao-Roque

Dobermann-4

Um comentário para “A história do Dobermann”

  1. Frenando Silva disse:

    o Dobermann, sem dúvida é melhor cão de guarda que se conhece…, pois, eu aconselho que tenha um em casa, pois, é um excelente cão e muito inteligente e extremamente inteligente e fácil de adestrar, pois, sua notável inteligência advem de um dos seus genitores – o Pastor alemão.

Deixe um comentário